top of page

TRADIÇÃO - Peregrinos fizeram Romaria ao Rei Santo

“A pé, de bicicleta, de automóvel, de carroça ou de cavalo, foram muitos os grupos que se deslocaram para junto da ermida, cumprindo uma vez mais a tradição.


 Numa das tradições mais queridas dos arronchenses, quinze dias após o domingo de Páscoa, a ermida do Rei Santo é o destino de centenas de pessoas que, após peregrinação, se reúnem para um animado convívio entre grupos oriundos não só das três freguesias do concelho, bem como de localidades espanholas que fazem fronteira com Portugal, algo que se cumpriu este ano no dia 14 de Abril.



Junto à Zona Desportiva de Arronches, concentrou-se o primeiro grupo a partir, seguindo-se então os caminheiros de Esperança, Mosteiros e La Codosera (Espanha). A juntar a estes, a Associação Cultural e Recreativa ‘Os Romeiros de Esperança’ mobilizou-se também para levar os seus associados ao Rei Santo, num meio de transporte mais tradicional, no caso as carroças.

Os grupos reuniram-se no fundo da rampa que conduz à ermida e nem o forte calor que se fez sentir, nem a íngreme subida, fizeram desistir aqueles que, mais uma vez, fizeram questão de participar nesta festa, sendo recebidos pelas refrescantes bebidas e pelo saboroso ensopado de borrego, cortesia da Associação ‘Esperança Sobre Rodas’.

Ao longo da manhã e início da tarde, predominou um clima de enorme animação, abrilhantado pela música da acordeonista Ana Trindade. A tarde fechou com a celebração da eucaristia, ministrada pelo pároco Fernando Farinha, seguida de procissão em torno da ermida.

O Município de Arronches aproveita para agradecer às supracitadas associações que, ao colaborar com a autarquia, tornaram esta festa possível, ficando também expressa uma palavra de gratidão para com os Bombeiros Voluntários de Arronches e a Guarda Nacional Republicana, instituições que zelaram pelo bem-estar dos envolvidos”.

(Fonte: GC-da C.M.Arronches)

留言


bottom of page