TRADIÇÃO E CULTURA JUNTA ARRONCHES COM LA CODOSERA

As Jornadas Micológicas de La Codosera tiveram como elemento aglutinador, a tradição e a cultura que juntou este dois territórios raianos, quase como que uma irmandade, ao longo dos tempos.


Neste tempo de pré-inverno, tanto arronchenses como codoseranos, saiem para os seus campos para apanhar ou, recoletar, cogumelos ou setas (Fungos-Reino Fungi), que nascem nos solos destes campos raianos, com os especialistas a conduzirem e indicarem quais as espécies comestíveis.

Foi o que aconteceu neste fim-de-semana, em especial hoje, domingo dia 20 de Novembro, em que da Freguesia da Esperança saíram os participantes, o mesmo acontecendo do outro lado da fronteira. Essa fronteira como muitos bem dizem ‘nunca existiu’.



De La Codosera, atravessaram a ponte internacional mais pequena do mundo, para se juntarem no Marco. Este é um local emblemático pela sua importância que teve em tempos idos para o comércio de um e outro lado da fronteira.

Para a degustação dos cogumelos apanhados, estavam dois cozinheiros de mão cheia que, com saber e perícia, os apresentaram nas suas mais diversificadas formas gastronómicas.

Presentes neste encontro matinal o Presidente da Câmara Municipal de Arronches e o Alcalde de La Codosera com os quais falámos e que pode ouvir aqui neste PodCast, as suas opiniões sobre este e outros eventos que procuram num futuro próximo realizar.


(Fotos - Notícias de Arronches)