Sete alunas do CEAN são “Raparigas na Ciência”


No passado dia 11 de Fevereiro, sete meninas cientistas do Centro Educativo Alice Nabeiro, do 3º ano ao 6º ano, estiveram presentes no lançamento do livro “Raparigas na Ciência” no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa.

Após terem sido selecionadas para integrar esta publicação - com base nos seus testemunhos e trabalhos desenvolvidos na área das ciências -, a participação no evento veio reforçar o papel das futuras cientistas e mostrar a capacidades e habilidades transversais das mulheres em todas as áreas.

Dignificar o papel da mulher na Ciência, abrir portas a estas jovens cientistas e partilhar com outras meninas e jovens os seus talentos e vocações são benefícios que o CEAN reconhece neste percurso. Nesta edição participaram e apresentam os seus testemunhos Eliane Costeira, Marta Pepê, Iris Santos, Lara Carrasco, Maria Inês Pinto, Carlota Valério e Ana Margarida Carrilho.

Como forma de apoiar e promover o acesso das mulheres e raparigas à educação, formação e atividade de investigação científica, tecnológica, de engenharia e matemática, a Assembleia-Geral das Nações Unidas declarou o 11 de Fevereiro como o Dia Internacional das Mulheres e Raparigas na Ciência.

A par do projeto “Mulheres na Ciência”, criado em 2016, este livro destina-se a alargar o debate sobre a participação das mulheres e raparigas na ciência, engenharias e tecnologias para inspirar as novas gerações para percursos académicos e profissionais nestas áreas.