Região – MONFORTE, MUNICÍPIO DESTACA OBRAS ESTRATÉGICAS


O Presidente da Câmara Municipal de Monforte, Gonçalo Lagem, numa informação veiculada junto da Comunicação Social, fez o ponto da situação relactivamente ao desenvolvimento de várias obras que, desde 2018, estão em curso no Concelho e de outras, entretanto, já concluídas, as quais quis destacar pela função altamente estratégica como se repercutirão junto de sectores determinantes da área social, desde a educação, apoio a idosos, saúde pública, desporto, economia local, segurança rodoviária (circulação automóvel e de peões), turismo, lazer…


“Sem desvalorizar as restantes empreitadas e as regulares intervenções de reparação, manutenção ou conservação das infraestruturas e equipamentos que estão a nosso cargo, a requalificação e modernização da Escola de Monforte, onde está sediada a Sede do Agrupamento de Escolas e instaladas as escolas do Pré-Escolar e do 1º Ciclo da Freguesia de Monforte e as Escolas dos 2º e 3º Ciclos do Concelho, deixa-me particularmente realizado enquanto Presidente do executivo que assumiu o compromisso de tornar realidade esta obra há tantos anos reclamada e que sobressai, obviamente, pela falta que nos fazia, pois a melhoria substancial na qualidade do ensino no Concelho que daí resultou torna-a inquestionável”, afirmou o autarca.

Estando abrangida pelo programa de revitalização do centro histórico de Monforte onde se valorizam as amenidades do território de forma inovadora inserida em redes mais alargadas que contribuam para a atração de novos públicos, a empreitada “Monforte Sacro” mereceu também particular menção como exemplo de uma operação integrada para a reabilitação de edificado associado a um programa de revitalização de património material e imaterial.


O projecto “Monforte Sacro” constitui a requalificação da antiga Igreja do Espírito Santo, um imóvel propriedade da autarquia, onde, através de empreitada própria, será recolocado o acervo azulejar proveniente da igreja do antigo convento do Bom Jesus, em Monforte, demolida na década de 40 do século XX.

O edil monfortense deteve-se ainda num outro projecto que considera de elevada necessidade porque intervém na qualidade da saúde pública e do bem-estar animal, referindo-se à construção em curso do CROAC - Centro de Recolha Oficial de Animais de Companhia.

Para além das empreitadas anteriormente salientadas, Gonçalo Lagem especificou outras que já estão concluídas, designadamente a Qualificação Urbanística da Envolvente aos 8 Fogos e do Castelo – Monforte, a Reabilitação, impermeabilização e protecção das superfícies do reservatório de água potável, a Construção da Ciclovia da Fonte do Chão, a Requalificação do Pontão em Lugar de Prazeres (Freguesia de Monforte), a Valorização da área envolvente à Sala Polivalente - arranjos exteriores, a Remodelação de pavimento no Pavilhão Municipal de Monforte, a Impermeabilização da Cobertura do Pavilhão Municipal e Caleira, Reparações nas Escolas do Pré-Escolar de Assumar e de Santo Aleixo, a Reparação da E.M. 515, entre Monforte e o Limite do Concelho de Arronches, Pintura do Pavilhão Gimnodesportivo, Impermeabilização da Cobertura do edifício dos Paços do Concelho, a Reabilitação do Polidesportivo de Vaiamonte, a Construção de Passeios Pedonais de Vaiamonte ao Bairro das Freiras, de Santo Aleixo, de Assumar à Passagem de Nível e da Estrada da Circunvalação ao Largo da Cruz da Guarda/Requalificação da Entrada Sudeste de Monforte, os Arranjos Exteriores da Rua 25 de Abril, em Santo Aleixo, a Requalificação dos Acessos Pedonais e Estacionamentos da Vila de Monforte/Zona 3 - Rua Luís de Camões e zonas adjacentes, Construção de Armazém para Produtos Fitofarmacêuticos, e que se encontram ainda a decorrer a Ampliação da Zona Industrial de Monforte/Infraestruturas, a Ampliação da Área de Acolhimento Empresarial de Monforte, a Requalificação dos Acessos Pedonais e Estacionamentos da Vila de Monforte/Zona 2 - Largo do Senhor dos Passos, a Reabilitação Urbana do Bairro Social de Santo Aleixo, a Beneficiação do CM1099/IP2 Assumar, a Beneficiação EM506 Santo Aleixo/Orada, a Ligação EM515 (Arronches) /IP2 e Reabilitação da antiga “Casa do Prior”.

A execução das empreitadas referidas, incluindo as verbas afectas ao apetrechamento dos respetivos equipamentos, envolve um investimento total que ultrapassa os 9,5 milhões de euros.


(Fonte-CMMonforte)