RAINHA SANTA ISABEL, ENTRE ESTREMOZ E COIMBRA

No passado dia 4 de Julho deu-se a efeméride do falecimento em Estremoz, aos 65 anos da Rainha Santa Isabel de Portugal, que nasceu a 4 de Janeiro de 1271 no seio da coroa de Aragão (Zaragoza).


Vários aspectos desta rainha bondosa, carinhosa e milagreira, têm dividido os historiadores, entre realidades biográficas e lendas.

Ao ter nascido em Estremoz (Freguesia de Santo André) sempre ouvi contar pela minha avó, que faleceu com quase 100 anos, estórias sobre a Rainha Santa Isabel. Há época, e julgo que desde tempos imemoriais, houve uma certa “disputa” pelos locais territoriais desta personagem histórica, até porque viria a falecer em Estremoz, embora muito devota a Santa Clara, não faleceu em Coimbra, onde viveu. Foi beatificada em 1526 por Papa Leão X, e a sua canonização deu-se a 25 de Maio de 1625 pelo Papa Urbano VIII.(...)


(Ler mais na próxima edição em papel do Notícias de Arronches)