PSP - Admissão de até 1.200 candidatos/as para cursos a iniciar em 2021.

Foi publicado hoje em Diário da República o Despacho do Ministro da Administração Interna que autoriza o recrutamento de 803 candidatos para frequência do Curso de Formação de Agentes da PSP de 2020.


O mesmo despacho determina à Polícia de Segurança Pública (PSP) a imediata abertura de uma nova reserva de recrutamento visando a admissão de até 1.200 candidatos/as para cursos a iniciar em 2021.


As 1.200 novas vagas vão permitir, não só, colmatar o não preenchimento do total das vagas abertas em 2020, mas também cumprir o desígnio de rejuvenescimento, de manutenção de elevados graus de prontidão e de eficácia operacional dos efectivos da PSP. Recorde-se que é intenção do Governo proceder à admissão, na PSP, de 1.000 novos elementos por ano entre 2020 e 2023.

Na nova reserva de recrutamento para 2021, a PSP deverá procurar reforçar as actuais estratégias de comunicação, quer as regulares, mas sobretudo as específicas no contexto da abertura de concursos, no sentido de promover a participação de candidatas. Actualmente, 8% do efectivo na categoria de agente é constituído por mulheres.

No recrutamento de 2020 a taxa de feminização foi de cerca de 14% e deve ser objectivo da PSP atingir, a este nível, os 20% nas admissões a efectuar em 2021.

A PSP deve ainda reforçar as actuais estratégias de comunicação, quer as regulares, mas sobretudo as específicas no contexto da abertura de concursos, no sentido de promover a participação de candidatos/as oriundos/as de áreas da sua jurisdição territorial e que sejam adequadamente representativos/as da diversidade de contextos sociais e culturais em que actua esta Força de Segurança.