PS, PAN e Chega crescem, PCP estabiliza, PSD e BE descem

A sondagem da Aximagem para a TSF/JN pubicada hoje, mostra que “depois do OE2021 e do acordo político nos Açores, há um recuo na intenção de voto em bloquistas e social-democratas. No capítulo da confiança, António Costa também ganha vantagem sobre Rui Rio”.


Os resultados da sondagem dizem que o “PS volta a recuperar vantagem (37,2%) em relação ao PSD, aumentando para cerca de 13 pontos percentuais (pp) a distância em relação ao maior partido da oposição. O PSD, depois da subida no último mês, cai agora 3 pp para 23,9% de intenções de voto”.

Quanto ao Bloco de Esquerda “surge em terceiro, mas perde cerca de 2 pp, regista 7,9% e tem logo a seguir o Chega, que sobe e está em quarto lugar, com 7,5% de intenções de voto.



Em quinto, o PAN sobe quase 2 pp para os 6,5% e ultrapassa a CDU, que se mantém estável com 5,7%.

A Iniciativa Liberal está em sexto lugar com 2,2% e, sem alterações, o CDS está em último lugar na tabela dos partidos com assento parlamentar com 1% de intenções de voto.

No capítulo da confiança para desempenhar o cargo de primeiro-ministro, António Costa leva vantagem (50%), enquanto Rui Rio permanece estável nos 18%.”

À amostra de 647 entrevistas, corresponde um grau de confiança de 95% com uma margem de erro de 3,90%.


(Infografia-JN)