PAN quer Zelensky no Parlamento português


Inês Corte Real a única deputada do PAN, no dia 16 de Março solicitou por missiva ao então Presidente da Assembleia da República Ferro Rodrigues, em que pedia que o Presidente da Ucrânia interviesse no Parlamento através de videoconferência, como tem acontecido em muitas ocasiões em vários países e instituições.

Já com o novo parlamento a funcionar, foi aprovada a pretensão da deputada do PAN, sendo transmitido à imprensa que a votação foi unânime. Afinal não foi assim, porque o PCP votou contra.

O argumento do PCP sobre a intervenção de Zelensky no Parlamento português para os comunistas é que este tem tido “um conjunto de posicionamentos numa lógica de confrontação". A proposta do PAN, agora aprovada, segue para o Presidente da República, que se encarregará de fazer o convite para o discurso, por videoconferência.