O que a pandemia nos trouxe…e levou para outros sectores da economia

Esta pandemia que persiste há mais de um ano, para o cidadão comum deste planeta levou-nos a saúde e a economia.



Perderam-se milhões de empregos por todo o mundo. Não podemos juntar a família, não podemos trocar um abraço ou um beijo, mesmo àqueles que partem vítima deste vírus e, outros que partem porque o SNS está voltado para o Covid-17, ficando milhares de cirurgias por fazer e consultas por dar, em patologias como o cancro, diabetes, cardiovasculares, etc., etc.

O ano de 2020 fica assinalado como o de maior mortalidade, 123 mil portugueses, só ultrapassado há 100 anos pela denominada ‘gripe espanhola’ em 1920, registando-se então 144 mil mortos (INE). No entanto a morte pelo Sars-cov2-Covid-19 em Portugal, regista-se em números pouco acima dos 7 mil (5,69%), o que é sempre de lamentar.

As economias dos países viram os seus alicerces serem abalados em sectores como o turismo (aviação/agências), restauração, cultura, educação, exportações e todos os demais sectores que são conhecidos, levando à perca de postos de trabalho e encerramento de milhares de empresas, abalando mesmo economias como a alemã ou francesa.(...)


Ler mais na edição em papel de Janeiro do Notícias de Arronches