O NEGÓCIO DA SAÚDE


Segundo o relatório do Tribunal de Contas tornado público sobre os contratos assinados, criados para responder à pandemia do Covid e sob o regime de excepção, foram encontradas discrepâncias entre as várias compras efectuadas por duas entidades autorizadas por este regime, desde as máscaras aos ventiladores. As máscaras foram compradas umas a 0,65€ e outras a 1,58€

Já nos ventiladores adquiridos à China os preços variaram entre 10 mil euros/ventilador e outros a 49.477€.



(Fonte-TC)