O Lés-a-Lés Off Road agita Arronches

Depois de já ter sido, por duas vezes, ponto de passagem da prova original, feita por asfalto, o concelho recebeu agora o Lés-a-Lés Off Road, uma prova moto-turística que percorreu Portugal de norte a sul, com início em Mirandela e término em Vila Real de Santo António, recebendo Arronches o final da segunda etapa, bem como o início da terceira, algo que aconteceu, respectivamente, nos dias 3 e 4 de Outubro.

Assim, no início da tarde de segunda-feira, os cerca de quatro centenas de pilotos que se encontram a participar na sétima edição deste passeio, começaram a chegar ao Jardim do Fosso, local onde se encontrava instalada a meta que deu por terminado o segundo dia de prova, bem como todos os recursos para dar assistência aos motociclistas, antes dos mesmos se deslocarem para ‘O Celeiro’, infraestrutura que recebeu o jantar oferecido pela Câmara Municipal.

Pelo meio, destaque para a implementação de uma acção de sensibilização junto das turmas do Agrupamento de Escolas de Arronches, na qual a principal promotora do evento, a Comissão de Moto turismo da Federação de Motociclismo de Portugal, representada por Catarina Almeida, explicou aos alunos a importância de reflorestar a região e o país, cuja floresta foi tão fustigada pelos incêndios, sobretudo com o recurso à plantação de árvores autóctones, no caso de Arronches, o sobreiro.

Já na manhã de terça-feira, foi hora dos motards rumarem até Vila Real de Santo António, cidade onde terminou a terceira e última etapa desta aventura todo-o-terreno, na qual se encontrou a participar o arronchense Hélder Palma.



(Fonte r fotos - CMArronches)