JOÃO TRINDADE RECORDADO NA COVILHÃ

O Jornal online FORUMCOVILHA.PT. entrevistou João Trindade, que esteve ao serviço do Sporting Clube da Covilhã entre 1993 e 2003. Transcrevemos neste espaço a entrevista ao antigo capitão do SCC, conduzida por Fernando Teixeira.


“SER O JOGADOR COM MAIS JOGOS PELO COVILHÃ É UMA SENSAÇÃO DE ORGULHO E SURPRESA”



FC -O Trindade é até hoje o jogador com mais jogos realizados pelo Sporting da Covilhã em toda a sua história. Qual a sensação de manter esse destaque?

JT - Em relação a neste momento ser ainda o jogador com mais jogos pelo Sporting Clube da Covilhã, passados tantos anos, a sensação tem de ser de extremo orgulho, e ao mesmo tempo, admito que de surpresa, pois não sabia mesmo dessa realidade, até terem lançado as estatísticas relativamente ao Gilberto estar agora próximo desse número.

FC -Em que épocas jogou no Covilhã? Quais os momentos mais históricos e saborosos da sua carreira nos serranos?

JT - Joguei no Sporting da Covilhã, desde a época de1993/94 até à época de 2002/2003, portanto uma década ao serviço desse grande clube que é o Covilhã. Os momentos mais históricos e saborosos que passei no clube foram: claro, as quatro subidas à II Liga e, embora atrás desses feitos maiores, o facto de termos sido também Campeões Nacionais da Zona Centro na altura.

FC - Mantém ainda hoje uma ligação ao futebol? De que forma?

JT - Sim, ainda hoje mantenho essa relação com o mundo do futebol, através de uma escola de futebol em que estou directamente envolvido, a Academia Futebol de Arronches, nessa vila maravilhosa que me viu nascer, Arronches. Além disso, neste momento, sou ainda treinador da equipa sénior do SAB (Sport Arronches e Benfica), portanto esse vínculo nunca se perdeu até hoje.

FC - Gilberto está praticamente a apanhá-lo e tornar-se dos jogadores com mais jogos no clube. Como se sente em relação a isso? O que diria ao Gilberto quando este o vier a passar?

JT - Como já tinha dito, sinto um enorme orgulho em estar presente neste quadro de honra de jogadores desse enorme clube que é o Covilhã, mas como fui sempre um jogador de equipa, para mim não me faz espécie alguma o Gilberto estar perto do meu recorde, pois também é um excelente jogador e é mais um jogador que deu muito pelo clube, como muitos outros que por lá passaram. E quando ele me passar, vou dar-lhe os parabéns, sem dúvida, pois não vejo estes números como uma competição e acho que o Gilberto também não.

FC - Sporting da Covilhã novamente na primeira divisão, é possível vir a acontecer um dia?

JT -Penso que é possível num futuro próximo, pois este presidente tem feito um excelente trabalho e tem conseguido solidificar o clube na II Liga, e é ainda um clube que paga a horas, um exemplo.


21 Abr., 2021 - Fernando Gil Teixeira