Inquéritos de Conjuntura às Empresas e aos Consumidores

Segundo o Instituto Nacional de Estatísticas – INE a “Redução abrupta do Indicador de confiança dos Consumidores e diminuição moderada do indicador de clima económico - Março de 2022


No contexto da guerra contra a Ucrânia, o indicador de confiança dos Consumidores diminuiu acentuadamente em Março, após ter aumentado nos dois meses anteriores, verificando-se a segunda maior redução da série face ao mês anterior, apenas superada pela diminuição registada em Abril de 2020 no início da pandemia COVID-19. O saldo das perspectivas dos Consumidores relativas à evolução futura dos preços registou em Março o maior aumento da série, superando em larga medida o valor máximo anterior.

O indicador de clima económico diminuiu de forma moderada em Março, após ter atingindo no mês anterior um nível idêntico ao observado em Fevereiro de 2020 e de ter apresentado um comportamento irregular entre Julho e Janeiro. Os indicadores de confiança diminuíram em Março na Indústria Transformadora e na Construção e Obras Públicas e aumentaram no Comércio e nos Serviços.

Em todos estes sectores de actividade, os saldos das expectativas dos empresários sobre a evolução futura dos preços de venda aumentaram de forma significativa em Março, registando os máximos das respectivas séries, com destaque para a Indústria Transformadora em que se observou o aumento de maior magnitude.


(Créditos INE)