INDEPENDENTE DO EMPATE, O SPORT ARRONCHES E BENFICA MOSTROU-SE UMA EQUIPA PROMETEDORA


O menor calor que se fez sentir ontem pela manhã, no Estádio Municipal ‘Francisco Palmeiro’, quando o árbitro apitou para dar inicio ao jogo de preparação entre o Arronches e Benfica e o Abrantes e Benfica, as bancadas apresentavam um número significativo de adeptos ou apenas simpatizantes, para verem os progressos que a equipa arronchense apresenta com poucas semanas de treinos e alguns jogos de preparação.


O que ficou na retina de quem ali se deslocou, é que a equipa apesar do resultados (2-2), apresenta já índices físicos satisfatórios e começa a assimilar o processo de jogo e as suas variantes.

A jogar com três centrais teve sempre a preocupação de sair a jogar, trocando a bola, algumas vezes com a participação do guarda-redes. Há jogadores de uma qualidade acima da média para um campeonato distrital onde, segundo os seus responsáveis, trata-se de ir mais além com a exigência de um nível profissional ou profissionalizante, com o que se quer atingir objectivos superiores.


A pressão sobre o adversário foi sempre alta o que nunca lhes permitiu sair a jogar mas sim chutar para a profundidade dos corredores, onde depois a linha de cinco a defender, nunca permitiu grandes veleidades à equipa que veio de Abrantes.

O resultado em parte por culpa de um árbitro que nem sempre esteve atento aos seus auxiliares, não reflecte a realidade do que se passou entre as quatro linhas, com um Arronches e Benfica a dominar em todos os sectores. Vamos aguardar pela eliminatória da Taça de Portugal e, mais tarde pelo campeonato, cujo sorteio está marcado para o dia 4 de Setembro em Gafete.


No final o Sport Arronches e Benfica retribuiu a gentileza com que foi recebido pelo Abrantes e Benfica pelos seus dirigentes, equipa técnica e jogadores.

Ver mais imagens aqui.




(Texto e fotos - F.N.Marques)