Funcionários judiciais em greve nacional. Sindicato acusa Governo de falta de vontade política

Segundo declarações à TFS “A greve visa exigir do Ministério da Justiça a inclusão no vencimento do suplemento de recuperação processual, com efeitos a 1 de Janeiro de 2021”


A greve que decorreu hoje foi decretada pelo SFJ- Sindicato dos Funcionários Judiciais e visa a defesa “das reivindicações destes trabalhadores, coincidindo o protesto, que ameaça paralisar os tribunais, com a data de abertura do novo ano judicial 2021/2022”.

Para o sindicato da classe “A greve, entre outras reivindicações - explica o SFJ - visa exigir do Ministério da Justiça a inclusão no vencimento do suplemento de recuperação processual, com efeitos a 1 de Janeiro de 2021, ou seja, o pagamento do valor mensal nas 14 prestações anuais”, declarou o SFJ à TSF.


(Créditos TSF|Foto-D.R.)