Fotógrafo português expõe em Sevilha retratos de forcados


Com o inspirado nome "Forcados, os Últimos Gladiadores", a exposição que o fotógrafo português Rafael G'Antunes hoje inaugura no Centro Cultural da Fundação da Caja Rural Del Sur, e que pode ser visitada até dia 29 de Setembro, leva a nossa Festa Brava ao país vizinho.

Numa série de retratos, Rafael G'Antunes convoca o rosto como definidor de um espaço de acção imagética e emotiva, que apela à contemplação do observador, propondo-lhe a sua própria construção narrativa". Todos os retratos foram realizados quase imediatamente após a pega de caras, sendo a emoção a marca mais visível.


Com uma experiência de várias décadas como fotógrafo freelancer sobretudo em títulos económicos, Rafael G'Antunes procurou neste trabalho "penetrar numa manifestação cultural portuguesa, cuja referência escrita conhecida mais antiga data de 1258, e que hoje é alvo de críticas e tentativas de extinção por parte de alguns partidos políticos e organizações defensoras dos direitos dos animais", explica a organização, adiantando que a exposição propõe uma reflexão sobre a necessidade, ou não, "de transmutações nos universos simbólicos do Património Cultural Imaterial - neste caso concreto a Tourada à Portuguesa - alicerçados em memórias colectivas enraizadas ao longo de séculos", revela o Diário de Notícias.


(Créditos – D.N.)