Federação de Portalegre da JS reforça representatividade nos órgãos nacionais

Realizou-se, no decorrer dos dias 11, 12 e 13 de Dezembro, o XXII Congresso Nacional da Juventude Socialista. O modelo de participação dos congressistas foi a distância, sendo o primeiro congresso político totalmente digital, no cumprimento de um escrupuloso dever colectivo de combate sem tréguas a esta pandemia e na certeza que esta não suspende a democracia.


Os congressistas do Alto Alentejo participaram nos trabalhos, intervindo nos diversos pontos, designadamente na discussão da Moção Global de Estratégia que norteará a acção política da JS para este novo mandato.

O congresso elegeu os novos órgãos nacionais da JS, elegendo o Miguel Costa Matos como novo Secretário-geral. O Presidente da Federação de Portalegre da JS, Eduardo Alves, de Ponte de Sor, e até aqui Secretário Nacional para a Organização da JS, mandato que cessa, lidera a lista dos representantes da JS na Comissão Nacional do Partido Socialista, sendo o primeiro jovem do Alto Alentejo a liderar na JS uma lista em congresso e voltando os jovens socialistas do Alto Alentejo a ter representação neste órgão.

Na Comissão Nacional da JS, órgão máximo entre congressos, foram eleitos 7 novos representantes do Alto Alentejo. O Diogo Aragonez, de Portalegre, assumirá a representação da Federação no órgão. Foram eleitos o Mário Ceia, de Portalegre, a Marta Caixas Inácio, de Elvas, o Alex Silva, de Ponte de Sor, a Madalena Rabaça, de Castelo de Vide, a Mafalda Flores de Portalegre e o Luís Baptista de Elvas. Estes 7 jovens assumirão o mandato e levarão as causas e a representação do Alto Alentejo para o seio do debate nacional da JS.

A eleição dos novos órgãos nacionais da JS só fica completa na primeira Comissão Nacional do mandato, que se realizará no início do ano civil de 2021 e que elegerá o secretariado nacional e os representantes da JS na Comissão Política Nacional do PS, eleições para as quais os jovens socialistas do Alto Alentejo têm boas perspectivas de valorização.