Eutanásia. Parlamento aprova a lei

Parlamento aprova a lei para despenalizar a morte medicamente assistida.



“Na votação final global, o parlamento aprovou a despenalização da morte medicamente assistida. Agora aprovada, a lei segue, dentro de dias, para decisão do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que pode vetar, enviar para o Tribunal Constitucional ou promulgar”.(Sapo.pt)

A lei foi aprovada tendo votado 136 deputados a favor, 78 contra e quatro abstenções. Os votos foram das bancadas do PS, do BE, PAN, PEV, Iniciativa Liberal e 14 deputados do PSD e votos contra do CDS, Chega e PCP.



(Foto-D.R.)