EU ATÉ GOSTO, MAS…

A forma como a sociedade está hoje condicionada a ser participativa, ter a sua opinião ou até saber das notícias, gostar do que lê mas não poder colocar em especial na rede social Facebook os famosos like ou gosto, que todos contabilizam, está condicionada pela conjunção adversativa ‘mas’.


No caso da página do facebook associada ao site do Notícias de Arronches, isso é por demais notório.

As pessoas estão num espartilho de situações em geral, confrontadas com ideais políticos ou partidários, futebolísticos (porque o futebol e a politica anda de mãos dadas) ou de empregabilidade, porque há sempre um familiar com um posto de trabalho numa instituição, ligado a um clube da terra (não se pode apreciar um bom jogo do Benfica, sendo do Sporting, ou vice versa), ou mesmo numa autarquia. Então lê a notícia, fica a par da situação mas não é livre de comentar ou mesmo colocar o célebre gosto, porque isso pode ter consequências no futuro.

Todo isto que pode parecer um blá, blá, bá, fica aqui registado de forma singular, entre a realidade do facebook e a estatística diária que só o administrador do site tem acesso.


Como exemplos: CBES – Alteração de Horário… (Facebook– 18 gostos | Site 771 visualizações)

Sport Arronches e Benfica – Jogo de apresentação (Facebook – 2 gostos | Site 321 visualizações)


Opinião de: Fernando N. Marques|Director