Espectáculos taurinos sem contágios…

O Presidente da Junta da Extremadura Fernández Vara, a firmou à Cadena COP que não se registou nenhum caso de infecção por Sars-cov2-Covid-19 na Extremadura espanhola, por motivo dos espectáculos taurinos celebrados nesta comunidade autónoma. Segundo o Presidente da Junta da Extremadura “procurou-se o equilíbrio entre a saúde e a economia”.


Na vizinha comunidade que faz fronteira com Portugal, realizaram-se espectáculos taurinos em Plasência, Talayuela, Herrera del Duque, Mérida, Barcarrota e Badajoz.

As declarações foram feitas durante a cerimónia virtual da XXI edição dos Prémios Espiga Jamón e da V edição do Prémio Espiga Cava de Extremadura, organizados pela Caja Rural de Extremadura.

Recorde-se que foi reduzida drasticamente a lotação das praças para haver distanciamento social, medição da temperatura à entrada nas praças, desinfecção das mãos e uso obrigatório de máscaras.

Quando as regras se cumprem escrupulosamente, os espectáculos podem-se efectuar. Infelizmente por cá, parece que o caminho que seguimos não é esse, basta recordar o que se passou no Algarve.