Dia Mundial da Saúde

Ciência Viva promove debate sobre soluções para melhorar acesso às Urgências e aos serviços de saúde


Não é só a letra de médico que é difícil de perceber. A maioria dos portugueses não consegue compreender e utilizar de forma correta informação sobre saúde. Impacto? Implicações sérias na saúde, que levam à falta de autocuidados e ao uso inadequado dos serviços. Consequência? O número de idas às urgências e internamentos tem vindo a aumentar nos últimos tempos.

A Ciência Viva assinala o Dia Mundial da Saúde, a 7 de abril, com uma programação online focada nos projetos inovadores que venceram o concurso "Comunicar Saúde", e presencial, no Pavilhão do Conhecimento, em parceria com a Sociedade Portuguesa de Literacia, de discussão sobre o estado da saúde pública em Portugal.

Especialistas de várias áreas do conhecimento irão debater temas como o suicídio, o impacto da obesidade e dos diabetes no risco cardiovascular de crianças e adolescentes ou os desafios de uma geração sénior saudável.

Neste dia vamos conhecer os resultados dos 11 projetos que ganharam o concurso Comunicar Saúde, lançado pela Ciência Viva em 2019 com o objetivo de melhorar a comunicação da informação médica e promover a literacia em saúde dos cidadãos.

Como podemos reduzir as idas às urgências e os custos associados? Qual a importância dos autocuidados na prevenção de doenças? E como aproximar os cidadãos dos profissionais de saúde? A Sociedade Portuguesa de Literacia em Saúde dinamiza no Pavilhão do Conhecimento uma mesa redonda com especialistas apresentando perspetivas de futuro para tornar Portugal um país mais saudável.

Programa completo e biografia dos palestrantes aqui.