DGS – Covid-19 relatório de 21 de Setembro 2022

A Direcção-geral de Saúde-DGS, publicou hoje o boletim referente a situação actual em Portugal sobre a epidemia do Covid-19.


“O objectivo deste relatório de situação é apresentar as estimativas da curva epidémica da infecção por SARS-CoV-2 por data de início de sintomas e as estimativas dos parâmetros de transmissibilidade R0 (número básico de reprodução) e R (t) (número de reprodução efectivo em função do tempo).

Métodos

1) Correcção da curva epidémica de SARS-CoV-2/COVID-19 em Portugal para o atraso de notificação de casos confirmados (Nowcasting); 2) Estimativa dos parâmetros epidemiológicos número básico de reprodução (R0) e número efectivo de reprodução (R (t)).

3) Posicionamento de Portugal no contexto europeu em termos de transmissibilidade R (t) e taxa de notificação acumulada a 14 dias.

Resultados e interpretação

Após a correcção da curva epidémica para o atraso de notificação, com base nos dados recolhidos, estima-se que até 16-09-2022 tenham ocorrido 5.464.168 casos.

O valor médio do R (t) (número de reprodução efectivo) para os dias de 12-09-2022 a 16- 09-2022 foi de 1,02, podendo o seu verdadeiro valor estar entre 1,02 e 1,03 com uma confiança de 95%. Foram ainda estimados os seguintes valores de R (t) para as regiões:

1,03 na região Norte, 0,98 na região Centro, 1,03 na região LVT, 1,04 na região Alentejo, 1,07 na região Algarve, 1,18 na região autónoma dos Açores e 1,33 na região autónoma da Madeira.

No comparativo Europeu, Portugal apresenta a taxa de notificação acumulada de 14 dias entre 240 a 479.9 casos por 100.000 habitantes e R (t) superior a 1, ou seja, taxa de notificação elevada e com tendência crescente”.


(Fonte e imagem DGS)