DESPORTO - MOSTEIRENSE TRAVA CICLO DE VITÓRIAS AO ARRONCHES E BENFICA

F.C. Mosteirense – Camané (gr), Alfaia, Leo, Fábio Galego, Rui Santos, Tiago E, santo, Dante, Mário Alves, Zé Pedro, Cadinho e Flecha.

Treinador – Jorge Moura

Arronches e Benfica – Mateus (gr), Baba, Marquês, Mendonça, David, Allan, Bacari, Aliú, Júnior, Ivan e Gui.

Treinador - João Trindade

Árbitro - Manuel Azeitona




O Campo de Jogos da ‘Basteira’ na Freguesia dos Mosteiros foi o palco da 11ª Jornada do Campeonato Sénior da 1ª Divisão da AFP. Foi o dérbi concelhio que mereceu a presença do Canal 11 (Cândido Costa on Tour) e bastante público pelo interesse no confronto das duas equipas.

O Futebol Clube Mosteirense até agora a única equipa a conseguir marcar um golo ao Arronches e Benfica (Taça de Honra), voltou nesta jornada a travar o ciclo de vitórias aos benfiquistas de Arronches com um empate sem golos.

Foi um jogo pouco conseguido, com o Mosteirense a ter a lição bem estuda com a derrota que sofreu no ‘Francisco Palmeiro’ e a saber que não podia jogar olhos nos olhos com o adversário.



Jorge Moura colocou a equipa num bloco médio baixo, com duas linhas de quatro sempre muito juntas a dificultarem o espaço entre linhas para que o Arronches e Benfica não pudesse almejar a baliza de Camané. Inclusive quando podia saia em transições rápidas e uma delas, aos 37’ da primeira parte, esteve perto de inaugurar o marcador, não fora a grande intervenção do guardião Mateus.

Assim se chegou ao intervalo com um jogo pouco interessante. O Mosteirense a defender-se e procurando numa bola parada ou erro do adversário para chegar ao golo. O Arronches e Benfica incapaz de concretizar as várias jogadas em que chegou á zona de finalização.

No segundo tempo o Arronches e Benfica colocou mais alguma intensidade na saída, mas quase nunca aproveitou o desequilíbrio da equipa do Mosteirense quando esta se aventurava a chegar mais perto da sua área. Contou ainda poder estar a jogar contra 10, por expulsão de Dante ao ver o segundo amarelo mas, o Mosteirense tudo fez, quer em algum tempo perdido com jogadores no chão ou a reposição de bola (que valeu um amarelo a Camané), querendo assim assegurar pelo menos o empate.

Com a entrada de Rafa a ir no um para um, o Arronches e Benfica esteve mais perto do golo. Esteve até nos pés do próprio Rafa se pica a bola por cima de Camané que saiu a fazer a mancha. Pode-se mesmo dizer que a grande exibição (um golo cantado de Panuchi) de Camané entre os postes do Mosteirense, muito contribuiu para este empate imposto ao Arronches e Benfica que, quer pelas medidas curtas do terreno de jogo, quer por falta de inspiração e decisão em alguns momentos, sofreu o primeiro empate à 11ª Jornada.

Tudo continua em aberto para que o Arronches e Benfica alcance o título de campeão mas, agora com ‘Os Gavionenses’ mais perto. O árbitro Sr. Manuel Azeitona teve em nossa opinião, uma actuação algo irregular, deixando por assinalar algumas faltas importantes para ambos os lados e o seu auxiliar (do lado da estrada) a assinalar foras de jogo que deixaram algumas dúvidas.




(Texto - F.N.Marques - Vídeo Notícias de Arronches)