DESPORTO- ARRONCHES E BENFICA RUMO AO TITULO DE CAMPEÃO

Arronches e Benfica – Mateus (GR), Mendonça, Pedro Marquês, Alan Santos, Ivan, David, Aliú, Junior, Miguel Hernández, Lucas ‘Sibito’ e Guilherme Gomes. Treinador – João Trindade Eléctrico – Luís Romão (GR), Paéco, Miguel Rosa, Kiko, Araújo, Billy, Gonçalo, Pascoal, Tiago, Diogo Jorge e Filipe Pereira. Treinador – Emanuel Baleizão Árbitro – Manuel Anselmo



A UNIÃO FAZ A FORÇA, TODOS RUMO AO TÍTULO- Foto-N.A.

Está cada vez mais perto, quando faltam quatro jornadas para terminar a ‘Liga Francisco Gil’ da Associação de Futebol de Portalegre, chegar ao título de Campeão. O Arronches e Benfica recebeu e venceu, de forma categórica o Eléctrico, o seu então adversário directo nesta competição. Está agora com mais 8 pontos do 2º que é agora ‘Os Gavionenses’ e a 9 do Eléctrico e Mosteirense. Tem 35 golos marcados e zero sofridos nas 10 jornadas.

Os primeiros minutos do jogo, estes estiveram repartidos. João Trindade fez entrar aos 20’ Rafa Carvalho que mexeu com o jogo, assumindo nas jogadas de uma para um, indo para cima do adversário e criando espaços na área adversária para a concretização que não aparecia.

O Arronches e Benfica passou (embora o corredor direito não estivesse a render o habitual) a remeter o Eléctrico para o seu meio campo, só nos últimos dois minutos finais da primeira parte conseguiu colocar o marcador a funcionar com golos de Pedro Marquês de bola parada e Lucas ‘Sibito’, saindo a equipa de Arronches para o intervalo a vencer por mérito próprio.

Na segunda parte João Trindade operou alterações na equipa, e ambos os corredores começaram a produzir jogadas com a profundidade e intensidade que esta equipa coloca nas suas laterais. Entrou Bába para central e Pedro Marquês veio para a linha média com qualidade a pensar e distribuir o jogo. Pelo meio Mateus que joga bem com os pés, por vezes como se fosse um libero, ia comprometendo com uma perca de bola, um dos objectivos desta equipa que é terminar o campeonato sem sofrer golos.

O jogo passou a decorrer com o Arronches e Benfica a sair a jogar detrás, com precisão no passe e cada vez que esticava o jogo o Eléctrico sentia mais dificuldades no seu 4-4-2, em travar o adversário.

Aos 75’ o marcador voltou a funcionar com Lucas (o melhor goleador do campeonato) a colocar de cabeça a bola no fundo das redes à guarda de Romão. O mesmo viria a acontecer talvez na melhor jogada da tarde, com início na ala direita, o cruzamento e o pequeno Panuchi a fazer aos 87’ de cabeça o quarto golo com que fecharia a partida. Nos últimos minutos o Arronches e Benfica levantou o pé na pressão sobre os dianteiros do Eléctrico que ainda visaram embora sem perigo a baliza de Mateus.

Veja aqui as imagens https://video.wixstatic.com/video/65b32f_d027c9740b9e4774be795124b6b02ed0/720p/mp4/file.mp4