CRISE NA IMPRENSA COM AUMENTO DO CUSTO DO PAPEL

A Associação Portuguesa de Imprensa-API vem alertar para a crise no sector com o aumento do custo do papel, a sua escassez na Europa que voltou a produção do papel de jornais e revistas para outro tipo de papel - embrulho e cartão. Acresce ao aumento de papel de 40% a 50%, o custo do transporte e energia, se tiver que ser importado de países da América do Sul.


Actualmente o papel de jornal e revistas é importado de países como a Finlândia, Noruega e Rússia,

Nesse sentido João Palmeiro, Presidente da API disse em entrevista ao jornal Expresso que “é apenas a ponta do icebergue nos problemas do sector dos media”, e assume que “assim que possível, irá alertar o novo Governo para as dificuldades que aí vêm”.

“No final do ano passado as empresas de media com edições impressas anunciaram aumentos dos preços dos seus jornais e revistas de forma a reflectir o aumento dos preços do papel e dos custos de produção. “Desde Outubro/Novembro até agora os preços do papel para jornais aumentaram entre 50% a 60% e os das revistas entre 40% a 50%”, diz João Palmeiro. A isto há que juntar os custos com transportes, energia e os consumíveis. Neste último caso dos consumíveis, onde se incluem os tinteiros, o aumento vai dos 12% aos 30%”, garantiu João Palmeiro nesta entrevista.

Quanto à imprensa regional o Presidente da API aponta para debelar esta crise, pode passar pela mudança da periodicidade (semanais para quinzenais), já que grande parte dela vive dos assinantes e não pode ser alterada a meio. Para fazer face a esta crise, João Palmeiro recorda que o PS na sua campanha para as legislativas dizia que “um dos objectivos do partido era a revisão dos apoios do Estado ao sector dos media”.

A Entidade Reguladora da Comunicação-ERC, deu nota recentemente, da situação da comunicação social em Portugal explanada no quadro abaixo publicado. Cinco empresas jornalísticas e três operadores televisivos abandonaram a actividade, o número de serviços de programas manteve-se, e surgiram 12 publicações periódicas.