COVID19 -ISOLAMENTO E ALTA


Alguns esclarecimentos para quem está ou irá ser inserido na vigilância Trace Covid-19 (programa de rastreio contatos e vigilância de casos suspeitos e confirmados de Covid-19) após as modificações recentes:

Quem pode ter alta aos dias?

Pessoas que tenham obtido resultado positivo num teste ao SARS-CoV-2, mas cuja manifestação da doença seja LIGEIRA ou MODERADA. No caso de doentes com sintomas, o prazo começa a contar a partir do 1º dia dos sintomas. Nos assintomáticos, conta-se a partir do dia da realização do teste. Os doentes têm de estar dias consecutivos sem febre e registar uma melhoria significativa de sintomas durante o mesmo período. Não é necessária a realização de outro teste ao vírus.

E ao fim de dias?

Os critérios são os mesmos, mas para as pessoas que tiveram manifestações mais GRAVES ou CRÍTICAS da doença. E também para as que sofrem de imunodepressão grave.

Quem tem de cumprir dias?

As pessoas que tiveram um CONTATO DE RISCO com alguém infetado. Só depois deste período, sem sintomas, é que podem voltar às suas rotinas. Estes casos NÃO SÃO VIGIADOS PELA SUA USF, MAS SIM PELA SAUDE PÚBLICA. Caso tenham sintomas antes do fim deste período, e a infeção for confirmada clinicamente, aplica-se uma das duas regras anteriores.

Porquê a redução de dias nos infetados?

Portugal está a seguir as práticas já adotadas por outros países e que estão de acordo com as orientações do ECDC (organismo europeu para a prevenção e controlo de doenças). A justificação tem a ver com a diminuição da carga viral nos últimos dias da infeção, que as autoridades de saúde consideram NÃO SER SUFICIENTE PARA CONTAGIAR terceiros.

O que é um contacto de alto risco?

Quem tenha estado com um positivo a dois metros ou menos, mais de 15 minutos; tenha tido contacto físico direto com o doente ou secreções contaminadas; ou estado num espaço fechado durante 15 minutos (como salas de aula e coabitação) sem medidas de proteção individual adequadas.

Muitas destas avaliações são COMPLEXAS, VARIÁVEIS e INDIVIDUAIS pelo que podem diferir de pessoa para pessoa pelo que siga sempre as indicações das autoridades em saúde ou médicos\enfermeiros que o vigiam e mantenha-se atento a números privados. (Foto-D.R.)

#UCCViseense #UmconselhodaDGS #sejaumagentedesaudepublica #estamoson