COM CERTIFICADOS DIGITAIS E TESTES, RESTRIÇÕES DEVEM SER LEVANTADAS

Com a decisão tomada em conselho de ministros e tornada pública, a Associação de Hotelaria e Restauração de Portugal – AHRESP defende que “a obrigatoriedade de testes e certificados é uma medida que ajuda a controlar a situação pandémica, então as restrições ao funcionamento dos estabelecimentos de restauração, similares e do alojamento turístico devem ser levantadas, nomeadamente a limitação horária e de lotação, devendo ainda ser permitido o funcionamento dos estabelecimentos de animação nocturna, encerrados há mais de um ano”.


Igualmente o aumento de número de destes e a vacina, diz a AHRESP “não obstante a importância desta medida, a especificidade das nossas actividades económicas exige um período de adaptação. Existem reservas confirmadas, hóspedes instalados e muitas incertezas quanto à respectiva operacionalização, pelo que uma medida desta amplitude requer tempo e clareza”.

Perante esta situação a associação “irá apresentar ao Governo um novo plano, com medidas concretas de apoio às empresas da restauração, similares e do alojamento turístico. A bem das empresas, dos profissionais e da economia do País, é imperioso o reforço de apoios a fundo perdido, pois só assim será possível assegurar a sobrevivência dos negócios e a manutenção dos milhares de postos de trabalho”, afirma a associação representativa do sector.


(Fonte-AHRESO|Foto-D.R.)