COBRANÇA DE IMPOSTO ‘AJUDA’ RECEITAS PRÓPRIAS DAS CÂMARAS

Segundo o ‘Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses 2021’ divulgado hoje, as receitas cresceram em termos globais.


No documento consta que "a receita cobrada foi de 9.918,8M€ o que representa um aumento de mais de 13,1% (1.145,8M€) em termos comparativos a 2020.

No entanto, apenas 67 municípios tiveram em 2021 uma independência financeira igual ou superior a 50% (considerando-se como independência financeira quando as transferências do Estado e os empréstimos bancários são inferiores do que as receitas próprias na estrutura da receita) ”.

O documento é realizado desde 2004 com o apoio da Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC) poderá ser consultado em www.occ.pt.

A dívida a pagar pelos municípios cresceu 2,1% pela primeira vez em 10 anos, como revela o AFMP.