Castelo de Vide evoca o Dia Nacional da Memória das Vítimas da Inquisição

O Município de Castelo de Vide consagra no próximo dia 31 de Março o Dia Nacional da Memória das Vítimas da Inquisição, com a realização de um colóquio sobre a Inquisição em Portugal, a apresentação do futuro “Centro de Interpretação Garcia de Orta”, bem como de um livro sobre este ilustre castelo-vidense, culminando com uma visita à “Casa da Inquisição”.


No próximo dia 31 de Março, irá decorrer em Castelo de Vide um importante encontro que pretende assinalar o fim de quase três séculos de Inquisição em Portugal.

A Resolução da Assembleia da República, que consagra a data de 31 de Março como Dia Nacional da Memória das Vítimas da Inquisição, foi publicada a 26 de Março de 2020 no Diário da República. Lê-se neste diploma “A Assembleia da República resolve (...) consagrar o dia 31 de Março como Dia Nacional da Memória das Vítimas da Inquisição”, sendo que esta data coincide com a aprovação da extinção da Inquisição em Portugal, em 1821 nas Cortes Constituintes, saídas da Revolução Liberal de 1820.

A evocação do Dia Nacional da Memória das Vítimas da Inquisição, enquadra-se de acordo com o seu projecto de criação “num movimento claro, sério e reconciliador, em que Estado e Igreja já têm dado os passos de reconhecimento dos erros do passado, e encetado a sua reparação pela valorização da memória das vítimas e pela prevenção da repetição dos crimes do passado”. (…)


(Fonte-CMCastelo de Vide)