ARRONCHES - Trabalho elaborado pelos alunos apresentado no Centro Cultural

Crianças do Agrupamento de Escolas de Arronches participaram 4.ª edição da Fábrica de Histórias que resultou na elaboração do livro ‘Sem Água a Vida é uma Seca’.


Naquele que é um projecto apoiado pelo Plano Nacional de Leitura 2027 e pela Comissão Nacional da UNESCO Portugal, o projecto ‘Cabeçudos – Cabeças com Ideias’ voltou a realizar com a colaboração da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo, com os municípios que a integram e com os respectivos agrupamentos de escolas, a ‘Fábrica de Histórias’.



Este é um programa cujo objectivo é a promoção da leitura, da escrita e das artes, que nesta sua quarta edição colocou 666 alunos do terceiro e quarto anos do distrito a escrever e a fazer ilustrações sobre a água, procedendo-se posteriormente à edição do livro para distribuição por todo o primeiro ciclo do Ensino Básico do Alto Alentejo.

Foi precisamente a apresentação dessa obra, denominada ‘Sem Água a Vida é uma Seca’, que decorreu no auditório do Centro Cultural de Arronches, perante uma assistência composta pelos alunos do 1.º ao 4.º ano de escolaridade do Agrupamento de Escolas de Arronches, acompanhados pelos respectivos professores e pela adjunta da Direcção, Cremilde Romão que se juntaram ao executivo do Município de Arronches, ali representado pelo presidente João Crespo, pelo vice-presidente Paulo Furtado e pela vereadora Maria João Fernandes.


No início desta sessão, o coordenador do projecto, Rui Andrade, depois de dar as boas vindas a todos os presentes, começou por justificar a escolha do recurso hídrico como tema para a edição deste ano, enumerando depois os subtemas abordados por cada um dos agrupamentos de escolas, tendo aproveitado para interpretar alguns excertos dos textos elaborados pelas crianças.


As atenções viraram-se depois para o palco do espaço onde a artista Sara Afonso foi protagonista num espectáculo de luz, acompanhado pela música de Nuno Jesus, que deram vida ao conteúdo gráfico e literário livro da obra.



No final desta apresentação, procedeu-se à entrega dos livros pelas directoras de turma que acompanharam os alunos, sendo posteriormente efectuada a distribuição por cada um dos educandos.




Por essa altura, o presidente do Município da Câmara Municipal de Arronches, João Crespo, endereçou algumas palavras à jovem plateia, iniciando a sua intervenção com o elogio ao espectáculo que tinha tido oportunidade de presenciar, procurando passar uma mensagem de sensibilização, com uma mensagem adequada ao público de tenra idade, para a importância de preservar um bem tão precioso como é a água, agradecendo por fim aos representantes do projecto ‘Cabeçudos – Cabeças com Ideias’, aos agrupamentos de escolas, aos professores e, sobretudo, aos alunos que se empenharam na elaboração deste trabalho de enorme valor.


(Fonte e fotos-CMArronches)