ARRONCHES E BENFICA À BEIRA DE CONSEGUIR GOLEADA HISTÓRICA


O resultado final foi de 6 – 0 para o Arronches e Benfica que, à 8ª Jornada da ‘Liga Francisco Gil’ continua invicto mas, hoje no Estádio Municipal 'Francisco Palmeiro', esteve à beira de conseguir infringir uma goleada histórica a um adversário nesta liga. Fora 6 golos mas pelo caminho ficaram outros tantos por marcar, e uma grande penalidade que Lucas 'Sibito' não conseguiu converter.

Qualquer amante de futebol sem 'clubite aguda', com facilidade reconhece que estamos na presença de uma equipa de outra dimensão. Uma equipa para jogar noutro escalão. João Trindade e a sua equipa técnica, conseguiu reunir um lote de jogadores de qualidade que quer táctica, técnica e condição física, estão num patamar acima das restantes e, não nos admirávamos se, no final desta temporada, estivermos na presença de um ‘triplete’.


Mas nem sempre tudo está perfeito. Há sempre coisas a melhorar. Por exemplo Panuchi não está a ser o desequilibrado das primeiras jornada (outros estão a emergir), na definição do último passe e finalização com êxito, há muito para trabalhar, sobretudo mentalmente. Quando isso for conseguido em maior percentagem, então se hoje é difícil ganhar a esta equipa…será no futuro próximo muito mais difícil. Esta é a nossa opinião...e vale o que vale. Não é uma crítica mas sim, uma constatação, que hoje esteve bem presente.

O Arronches e Benfica apresentou-se no seu habitual processo com três centrais e uma imensidade de variantes e recursos que remetem os seus adversários para o seu meio campo. O plantel permite a João Trindade operar substituições nos vários sectores e há sempre rendimento, quer na pressão sobre as outras equipas, quer na recuperação da bola, porque o processo de jogo está assimilado por todos.

Que dizer do Gafetense? Deu tudo o que tinha para dar a equipa do veterano treinador Vitor Nozes, que montou a equipa num 4-4-2, para tentar travar o fluxo atacante do Arronches e Benfica. Bateu-se com galhardia mas, passou a maioria do tempo, a jogar no seu meio campo. Chegou poucas vezes à área contrária e sem perigo para Mateus, que actua com os pés como se fosse um mais naquela defesa a três.

O jogo foi arbitrado por Rui Petas que, no computo geral, teve um desempenho positivo


Opinião - Fernando N. Marques|Imagens Notícias de Arronches