ARRONCHES - DEPUTADOS DO PSD AVALIAM CARÊNCIAS QUE PREJUDICAM A POPULAÇÃO

Um grupo de deputados parlamentares do PSD, esteve ontem durante a manhã em Arronches, tendo sido recebidos pelo candidato do PSD à Câmara Municipal de Arronches, João Crespo e pela responsável da Secção Concelhia do PSD de Arronches, Teodora Morgado.



O motivo da presença deste grupo de deputados foi o de verificarem in loco, algumas das situações que privam os arronchenses de serviços e infraestruturas dignas, quando se fala tanto na desertificação do interior do país.

Entre essas carências está as condições onde e como a Conservatória do Registo Civil e Predial de Arronches funciona. Instalações exíguas e antiquadas, sem acesso para pessoas com incapacidade física e problemas de estacionamento. Tudo isto implica a que os arronchenses por vezes tenham que recorrer a outras conservatórias e mesmo a notários particulares. Isto acrescido de há vários anos não estar aqui colocado um conservador neste serviço.

Foi precisamente esta a primeira visita do grupo parlamentar do PSD, seguindo depois no mini autocarro da Rodoviária Nacional, no qual se deslocaram desde Lisboa, para a visita às obras de conservação na N246. Obras essas que vão resolver parcialmente o problema do mau estado do piso pois, como já foi reconhecido pela Infraestruturas de Portugal, este troço necessita de uma intervenção profunda ao nível do pavimento, para segurança de quem por ali circula, tendo em conta que esta estrada, é utilizada por milhares da camiões por ano no trajecto que une Portugal com Espanha e restantes países da Europa. Agora que vem aí os dinheiros da ‘bazuca’, é tempo do actual governo ou outro, pensar nas infraestruturas rodoviárias com a importância que estas têm para a economia do nosso país.

Os deputados, com o candidato à presidência da Câmara Municipal de Arronches, abordaram ainda a situação da unidade industrial de transformação de bagaço de azeitona que se situa no concelho vizinho de Monforte “e que tem causado os incómodos que são por todos conhecidos, no nosso concelho”, nas palavras de João Crespo.