ARRONCHES – ALERTA COVID



Ao entramos hoje na noite da passagem para o ano de 2022, que pode ser um ano de esperança, segundo os especialistas, a variante Ómicron, embora com um grão de transmissibilidade maior, esta variante não é tão agressiva. Isso prova os dados da DGS e do Governo em termos comparativos com a variante Delta. Senão vejamos: em Arronches entre 23 e 31 de Dezembro, passámos de 1 caso de infecção por Covid-19 para 33 casos de infecção, fruto da celebração do Natal em que as famílias de juntaram - e continuam os rastreio dos possíveis contactos.

Hoje vamos ter a noite de passagem de Ano Novo e é admissível que, nos próximos dias, que os números venham a aumentar, embora com mais assintomáticos e doença menos grave como se tem vindo a confirmar.

Se olharmos a nível nacional e nas mesmas datas compreendidas entre 23 e 31 de Dezembro, podemos constatar que os números de óbitos são incomensuráveis maiores em 2020


2020                                                                                      
23 de Dezembro - 4602 infectados e 89 óbitos
25 de Dezembro - 4146 infectados e 65 óbitos
26 de Dezembro - 1214 infectados e 78 óbitos
29 de Dezembro - 3336 infectados e 76 óbitos
31 de Dezembro - 7627 infectados e 76 óbitos


2021
23 de Dezembro – 10549 infectados e 17 óbitos
25 de Dezembro – 10016 infectados e 10 óbitos
26 de Dezembro – 3.732 infectados e 13 óbitos
29 de Dezembro – 26.877 infectados e 12 óbitos
31 de Dezembro – 30.829 infectados e 18 óbitos

O maior número de casos registados actualmente, está subjacente à testagem massiva que se tem registado, tendo em conta o obrigatoriedade da apresentação do teste para assistir a actos culturais, desportivos e poder frequentar restaurantes, por exemplo.