ALENTEJO – COESÃO TERRITORIAL

Por despacho da Secretária de Estado do Desenvolvimento Regional (Despacho 9968/2022), ficou decidido favoravelmente “quanto ao Protocolo de Cooperação Transfronteiriça da Comunidade de Trabalho «Eurorregião Alentejo -Centro – Extremadura”.



Foi tido em conta segundo este protocolo agora aprovado que “as regiões do Alentejo, Centro e Extremadura partilham uma extensa fronteira física natural e grande parte das suas principais características geográficas, económicas, sociais, históricas e culturais, o que favorece a cooperação e o processo de integração económica entre elas, bem como a redução de barreiras de ordem social e cultural”

Isto sem prejuízo “das suas diferentes estruturas políticas e administrativas; Que o fortalecimento das relações de vizinhança nas últimas décadas tem contribuído de forma decisiva para o processo de crescimento económico e a melhoria das condições de vida de seus habitantes, contribuindo, desta forma, para aproximar as populações de ambos lados da fronteira e para superar, tanto os limites administrativos impostos pela fronteira, bem como o impacte negativo do efeito fronteira, que dificultam a integração social e o desenvolvimento integral dos territórios”.

O protocolo contou com as assinaturas da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, representada pelo seu presidente, Dr. António Ceia da Silva; A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, representada pela sua presidente, Dr.ª Isabel Damasceno. E a Junta de Extremadura (Espanha), representada pelo seu Presidente, D. Guillermo Fernández Vara.


(Fonte - CCDRA)