ADEGA MAYOR CONQUISTA CERTIFICAÇÃO DE PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL

PROGRAMA DE SUSTENTABILIDADE DOS VINHOS DO ALENTEJO DISTINGUE ADEGA MAYOR COMO UMA DAS PRIMEIRAS MARCAS SUSTENTÁVEIS DESTA REGIÃO VITIVINÍCOLA


A Adega Mayor acaba de receber a certificação de produção sustentável pelo Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA), desenvolvido pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana, que vem reforçar a consistência do trabalho desenvolvido pela empresa ao longo dos últimos anos e o seu compromisso com as gerações presentes e futuras.

E como uma marca sustentável é mais do que uma instituição que defende boas práticas ambientais, o PSVA avalia diversos factores de desempenho como a aposta na economia circular, a regeneração da biodiversidade, a redução de encargos financeiros, o desenvolvimento sócio económico da região, entre outros parâmetros, da produção de uva à produção de vinho.

"É com grande satisfação que recebemos este selo do PSVA que reforça o nosso compromisso de contribuir para o desenvolvimento sustentável da Adega Mayor. Um passo importante no caminho interminável da sustentabilidade. Importa dizer que ser sustentável, é mais do que apenas poupar recursos naturais. É olhar para uma marca como elemento transformador da comunidade onde se insere - dos solos que cultiva, aos recursos que utiliza, passando pelo apoio das famílias que a trabalham, à visão de negócio que tem de ser cada vez mais ágil e eficiente. Só assim se trabalha o futuro, pela mão do que cultivamos hoje.", sublinha Rita Nabeiro, CEO da Adega Mayor.

A protecção do meio ambiente, o suporte social e económico desenvolvido há já 15 anos na região onde se insere - Campo Maior, a adopção das melhores práticas no tratamento da vinha e dos vinhos, assim como a melhoria contínua na gestão eficiente dos recursos naturais, são algumas das preocupações da Adega Mayor desde o primeiro dia e que agora se reflectem através da conquista desta certificação de produção sustentável.