A final não é só por cá…

Aqui mesmo ao lado, na vizinha Extremadura, também há falha de serviços em dois hospitais por falta de médicos, com os serviços prestados pelo privado para colmatar as falhas.


Trata-se de Anestesiologia em Cáceres, onde a falta de pessoal levou a atrasos nas operações; e Traumatologia em Don Benito, onde uma empresa realizará 51 intervenções para agilizar a lista de espera.

A falta de médicos obriga o Serviço de Saúde da Extremadura (SES) a terciarizar os serviços em dois hospitais da região. São Anestesiologia na área de saúde de Cáceres e Traumatologia na área de Don Benito-Villanueva de la Serena. Em ambos os casos, foi necessária a contratação de uma empresa para poder prestar assistência diante da impossibilidade de fazê-lo com os meios públicos disponíveis. Na verdade, trata-se de uma colaboração público-privada, pois os profissionais da SES permanecem em seus cargos, mas trabalharão com especialistas do sector privado.



Foto de arquivo Hospital Infanta Cristina em Badajoz