Água do concelho distinguida com selo de qualidade

Município de Arronches recebeu distinção atribuída pela Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos.


A Câmara Municipal de Arronches foi distinguida pela Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos devido à qualidade de excelência da água da rede pública, tendo sido atribuído à autarquia o “Selo de Qualidade Exemplar de Água para Consumo Humano 2021”.


A Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos distingue anualmente as entidades gestoras que mais se evidenciam na área, numa iniciativa em parceria com o Jornal Água & Ambiente e com a colaboração de entidades representativas do setor, nomeadamente a Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas, a Associação Portuguesa de Engenharia Sanitária e Ambiental, a Associação Portuguesa dos Recursos Hídricos, a Associação para a Gestão de Resíduos, a Associação Portuguesa de Empresas de Tecnologias Ambientais e a Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor, que assim procedem a uma rigorosa avaliação dos serviços prestados aos consumidores, oferecendo aos mesmos a possibilidade de conhecer as entidades que lhes prestam os melhores serviços. Com esta ação, a ERSAR pretende ainda sensibilizar as entidades gestoras multimunicipais e municipais para as questões da qualidade na conceção, execução, gestão e exploração dos sistemas.

Para esta avaliação, são estudados indicadores como água segura, perdas reais de água, ocorrência de falhas no abastecimento, reciclagem de resíduos de recolha seletiva, resposta a reclamações e cobertura de gastos, entre outros.

O Município de Arronches congratula-se com esta distinção, a qual atesta uma vez mais a segurança do consumo da água da rede pública no concelho, para a qual muito contribuem os serviços municipais, nomeadamente o setor de águas, através da manutenção diária das infraestruturas.

A autarquia reforça o apelo para que os munícipes adotem também uma política que os colaboradores da Câmara Municipal já seguem e que é o consumo da água da torneira, um bem que, segundo informação prestada pela EPAL, é o produto alimentar mais controlado, com mais de 300 mil análises por ano, sendo assim perfeitamente segura.


(Fonte -C.M.Arronches)